segunda-feira, 25 de março de 2013

Carrefour Contrata:

Operador de Tele Atendimento
RECEPTIVO
Salário: R$750,00+ VT+ Refeição no local.
Horário: Manhã e Tarde Escala: Segunda a Sábado.
Local de Trabalho: Tamboré - Barueri
18 anos – Ensino Médio completo ou cursando
Contato com Monique ou Valquíria 2664-5030 ou 266

Carrefour Contrata:


Operador de Tele Atendimento
ATIVO
Salário: R$750,00+ VT+ Refeição no local.
Horário: Manhã e Tarde Escala: Segunda a Sábado.
Local de Trabalho: Piratininga - Osasco
18 anos – Ensino Médio completo ou cursando

Contato com Monique ou Daniela 2664-5032 

sexta-feira, 22 de março de 2013

Você sabia que 2013 é o Ano Internacional para a Cooperação pela Água?

Dia Mundial da Água (22/3) deste ano pede mais atenção das nações e das pessoas para preservação e o cuidado com esse recurso natural



Em dezembro de 2010, a Assembleia Geral das Nações Unidas indicou 2013 como o Ano Internacional para a Cooperação pela Água. O objetivo é incentivar países a prevenirem e solucionarem potenciais conflitos decorrentes da gestão compartilhada de recursos hídricos e promover a cooperação em todos os níveis. Isso faz com que o Dia Mundial da Água, celebrado em 22/03, seja muito especial, especialmente frente aos problemas relacionados à água causados pelo atual modelo de produção e consumo.

Será que isso tem a ver também com cada indivíduo?

Cooperação é a palavra central desta discussão. Para atingir o bem-estar de toda a sociedade é necessário que se construa um caminho que valorize a cooperação mais do que a competição nos itens relacionados à sustentabilidade. A razão básica para isso é o fato do movimento de sustentabilidade ser recente e o problema da insustentabilidade ter uma enorme urgência. Em algo novo para a sociedade, que deve mudar significativamente a forma de fazer as coisas, como é o caso da sustentabilidade, quanto mais se puder cooperar mais rapidamente serão identificadas e disseminadas soluções que ajudarão a caminhar na direção desejada.

Enquanto no cenário político internacional o termo cooperação pela água está relacionado à gestão do recurso dentro de uma cultura de paz, para o indivíduo significa reconhecer o impacto que seus atos de consumo podem ter sobre a sociedade e o planeta e rever seus hábitos levando em consideração o bem-estar coletivo. É também tomar consciência de que pequenas mudanças em hábitos de consumo (ainda que promovidas por um pequeno grupo de pessoas), quando consolidadas e mantidas por um longo período de tempo, causam muito impacto. Ou seja: cooperar, para o indivíduo, é investir nessas pequenas mudanças, apostar na transformação que elas podem causar quando somadas às de outras pessoas, e mobilizar os amigos e familiares a adotar as mesmas mudanças em seus hábitos de consumo.

E cada indivíduo contribui quando:

• Economiza água nas atividades domésticas;
• Opta por produtos que usam menos água em toda cadeia produtiva;
• Incentiva a indústria e, sobretudo, a agropecuária a inovar para a redução do uso de água, para o desperdício zero e para a não poluição;
• Demanda de governos e empresas fornecedoras de água que reduzam as chamadas perdas na rede;
• Incentiva amigos e familiares a também contribuir na mesma direção.


O Akatu preparou alguns cálculos e dicas que podem ajudar você a visualizar o quanto de água é possível poupar a partir de algumas escolhas cotidianas de consumo, podendo ajudar também no processo de mobilizar outras pessoas a fazer o mesmo. Assim você pode desde já entrar no clima de cooperação pela água!

1. Consumo de carne e água virtual
Consideradas todas as etapas da cadeia produtiva envolvidas na produção de apenas um quilo de carne bovina, são necessários 15,5 mil litros de água até o produto chegar ao consumidor final. É isso mesmo: 15.500 litros de água gastos para produzir apenas um quilo de carne!

Cada brasileiro, segundo o IBGE, consome em média 17 kg de carne bovina por ano. Portanto, se uma pessoa for educada, desde criança, a consumir metade da carne que consome o brasileiro médio, a água economizada pela redução do volume de carne que deixará de ser produzido, no período de vida dessa pessoa (73,5 anos), encheria quase quatro piscinas olímpicas. Isso para apenas uma pessoa!

2. Pequenas economias diárias de água vão poupar duas piscinas olímpicas
Uma família de três pessoas, que reduza em apenas sete minutos o consumo diário de água para qualquer finalidade, vai economizar ao longo da vida (73,5 anos) dessa família o equivalente a duas piscinas olímpicas.

3. Feche a torneira para escovar os dentes e economize um dia e meio das Cataratas do Iguaçu
Se todos os moradores do Brasil fecharem a torneira ao escovar os dentes durante um único mês, a água economizada equivalerá a um dia e meio do volume de água que cai pelas Cataratas do Iguaçu!

4. Não use a mangueira para “varrer” o quintal e a calçada
Usar a mangueira para “varrer” a calçada é um hábito comum nas cidades brasileiras. Se uma pessoa lava a calçada uma vez por semana, gasta quase 15 mil litros de água por ano nesta atividade. Ao longo da vida (73,5 anos), a quantidade de água gasta será equivalente a quase meia piscina olímpica cheia de água desperdiçada “varrendo” calçada. Demais, não? É bom lembrar que, para manter a calçada limpa, é suficiente varrê-la com vassoura, sem necessidade de molhá-la. Se houver a necessidade de molhá-la, basta usar a água de um balde (de preferência com a água usada da lavagem de roupa, por exemplo).

5. Reduza cinco minutos de água corrente no seu banho e abasteça Salvador
Se apenas duas pessoas em cada casa da Região Metropolitana de São Paulo reduzirem em cinco minutos o tempo de chuveiro aberto no banho (por exemplo, reduzindo o tempo de banho de 15 para 10 minutos), em apenas 27 dias, será economizado o suficiente para abastecer de água por um mês uma população de 2,9 milhões de habitantes – mais do que Salvador, que tem 2,7 milhões de moradores.

Conheça a campanha da ONU para marcar o Ano Internacional de Cooperação pela Água

Fonte: Instituto Akatu pelo Consumo Consciente

por Equipe Akatu
18 mar 2013

quarta-feira, 20 de março de 2013

Alteração da data do feriado municipal de Carapicuíba

Prezado(a)s



Estamos comunicando a alteração da data do feriado municipal conforme o decreto 4.240/13 constante no link a seguir: http://www.carapicuiba.sp.gov.br/anexos/decretos/4240-1.pdf


Conforme o documento as comemorações da Emancipação Política de Carapicuíba ficam transferidas do dia 26 para o dia 27 de março. Isso significa que nós teremos aula normalmente na terça-feira, porém gozaremos o feriado na quarta-feira. Quinta-feira aula normal na Sede, manhã, tarde (inclusive ETIM), noite e no período noturno da Ext. EE Oscar Graciano.

As turmas do ETIM Ext. EE Oscar Graciano não terão aula na quinta, porém haverá esquema especial de reposição para a turma de Administração ETIM.

segunda-feira, 18 de março de 2013

Oportunidade de Emprego - SOS / Instrutor




quarta-feira, 13 de março de 2013

SAIBA TUDO SOBRE A DENGUE

O que é? 

A dengue é uma doença infecciosa causada por um vírus, que pode ser de quatro sorotipos diferentes: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4.

Nos países tropicais, a dengue é um sério problema de saúde pública, pois as condições do meio ambiente favorecem o desenvolvimento e a proliferação do Aedes aegypti, principal mosquito transmissor da doença.

Sintomas:

A dengue clássica é usualmente benigna. Inicia-se com febre alta, podendo apresentar cefaléia (dor de cabeça), prostação, mialgia (dor muscular, dor ao redor dos olhos), náusea, vômito, dor abdominal, exantema máculo-papular (manchas na pele). No final do período febril podem ocorrer sangramentos, mas eles são raros na dengue clássica.

Na dengue hemorrágica, os sintomas iniciais são os mesmos da dengue clássica, porém evoluem rapidamente para manifestações hemorrágicas de gravidade variável. Os casos típicos são caracterizados por febre alta, fenômenos hemorrágicos que vão desde leves sangramentos gengivais até manifestações graves, como hemorragia gastrointestinal, intracraniana e derrames.

Nos casos mais graves, após o desaparecimento da febre, o estado do paciente se agrava repentinamente, com sinais de insuficiência circulatória e choque. Este estado pode levar o paciente a óbito em 12 a 24 horas ou à recuperação através de um tratamento anti-choque apropriado.

Transmissão:

A dengue é transmitida por um vetor (agente transmissor da doença), no caso, por um mosquito. No Brasil o vetor é o mosquito da espécie Aedes aegypti.

Ele não é, porém, o único vetor da dengue: o mosquito Aedes albopictus é um vetor comprovado na Ásia. Aqui no Brasil, existe o Aedes albopictus em vários Estados mas este não participa da cadeia de transmissão de dengue.

A transmissão se dá pela picada do mosquito Aedes aegypti que ficou infectado porque picou uma pessoa doente. Esse mosquito infectado, picando uma pessoa sadia, passa o vírus da dengue e esta pessoa fica doente.

Não há transmissão pelo contato direto de uma pessoa doente para uma pessoa sadia. Também não há transmissão pela água, por alimentos ou por quaisquer objetos. A dengue também não é transmitida de um mosquito para outro, nem através de outros animais.

Quem pica é a fêmea e o faz para sugar o sangue. Os mosquitos acasalam 1 ou 2 dias após tornarem-se adultos. A partir daí, as fêmeas passam a se alimentar de sangue, que fornece as proteínas necessárias para o desenvolvimentos dos ovos. As fêmeas têm preferência pelo sangue humano. Elas atacam vorazmente. São ativas durante o dia, podendo picar várias pessoas diferentes, o que explica a rápida explosão das epidemias de dengue.

Há uma relação direta, nos países tropicais, entre as chuvas e o aumento do número de vetores. A temperatura influi na transmissão da dengue. Raramente ocorre transmissão da dengue em temperaturas abaixo de 16º C. A transmissão ocorre preferencialmente em temperaturas superiores a 20º C. A temperatura ideal para a proliferação do Aedes aegypti esta em torno de 30 a 32ºC.

A suscetibilidade é universal, isto é, todo mundo pode "pegar" dengue, independentemente do sexo e idade. Observa-se que grupos mais expostos ao vetor adquirem mais a doença. É o caso das mulheres que, em razão do maior tempo de permanência no ambiente doméstico, têm maior risco de contrair a dengue.

Depois que a pessoa foi picada por um mosquito contaminado, ela não fica logo doente; começa a sentir os sintomas após 3 e até 15 dias. O intervalo sem sintomas chama-se "Período de Incubação".

Uma medida importante de prevenção é uso de repelentes no corpo e no ambiente. 


Brasileiro associa felicidade mais a bem-estar do que a posse de bens, indica pesquisa do Akatu

“Para você, o que é felicidade?” Essa foi uma das perguntas que o Instituto Akatu fez a 800 brasileiros de todas as regiões do país no final de 2012. Os resultados da pesquisa mostram que os entrevistados – independentemente de fatores como classe social ou faixa etária – associam sua felicidade muito mais ao bem-estar físico e emocional e à convivência social do que aos aspectos financeiros e à posse de bens. A divulgação desses dados nesta semana marca o Dia Mundial do Consumidor e o aniversário de 12 anos do Akatu, ambos celebrados em 15 de março.

Quando questionados sobre o que consideram ser felicidade, dois terços dos entrevistados indicaram que estar saudável e/ou ter sua família saudável é um fator essencial de felicidade. Para 60% do público que respondeu à pesquisa, conviver bem com a família e os amigos também os aproxima mais da felicidade. Apenas três em cada dez brasileiros indicaram a tranquilidade financeira em suas respostas.


“Segundo a nossa pesquisa, para os brasileiros, ir ao encontro da felicidade hoje não é aumentar o consumo, mas trabalhar pela saúde e prover condições para o verdadeiro bem-viver, com suficiência material e tempo para desfrutar a vida em companhia dos amigos e familiares, num ambiente seguro e acolhedor”, analisa Helio Mattar, diretor-presidente do Akatu.


DESEJOS SUSTENTÁVEIS

A tendência de valorizar o bem-estar se confirmou quando os entrevistados foram convidados a priorizar seus desejos. O resultado mostra que, coerentemente com sua visão sobre felicidade, os brasileiros são fortemente atraídos pelo caminho da sustentabilidade. Em cinco dos oito temas propostos (afetividade, alimentos, água, mobilidade, durabilidade, energia, resíduos e saúde), os entrevistados preferiram as alternativas mais ligadas ao caminho da sustentabilidade do que as ligadas ao do consumismo.


O tema afetividade destaca-se como o que tem maior diferença entre os que preferem o cenário mais sustentável (passar tempo com as pessoas – com índice de prioridade de 8,3 em uma escala de 0 a 10) ao invés do consumista (comprar presentes – índice de 2,6), o que leva a uma reflexão sobre os hábitos relacionados às compras de presentes de qualquer natureza.


Em seguida, outros três temas (alimento, água e mobilidade) são os que contam com uma preferência bem maior para os cenários do caminho sustentável, com a qualidade de vida (expressa por alimentos saudáveis, uso racional da água e boa mobilidade) sendo bem mais valorizada do que o modo consumista tradicional (expresso por alimentos práticos, uso irresponsável da água e ter carro próprio).


Merecem destaque as escolhas relacionadas à mobilidade: se deslocar pela cidade com rapidez, segurança, conforto e flexibilidade alcançou um índice de 7,9, enquanto ter carro próprio obteve apenas 4,9 em um escala de 0 a 10. Até mesmo para quem não usa um carro próprio em seu cotidiano (82% dos entrevistados), a preferência é fortemente em favor da mobilidade (7,7).








O aspecto específico da durabilidade também mostra uma tendência favorável ao caminho da sustentabilidade, na contramão da obsolescência planejada e da descartabilidade: os respondentes demonstraram um interesse proporcionalmente bem maior por produtos que durem bastante e que possam ser atualizados do que por produtos baratos e substituíveis.


Nos temas energia e resíduos há um virtual empate entre as respostas associadas ao modelo consumista em vigor e as propostas sustentáveis para o mesmo tema. Apenas na questão relacionada à saúde, em que as opções eram ter um bom plano de saúde ou ter um estilo de vida mais saudável, houve prevalência da alternativa mais relacionada ao consumo. “A resposta parece revelar não uma preferência pelo modelo consumista, mas sim uma preocupação com a precariedade do sistema de saúde. E, mais ainda, uma atitude que prioriza a segurança, pois a garantia de assistência médica em caso de necessidade vai ao encontro da primeira prioridade dos brasileiros quando pensam em sua felicidade: ter saúde”, explica Mattar.


Em todas as classes sociais se verifica maior aspiração pelo caminho sustentável do que pelo caminho atual, da sociedade de consumo. Nesta tendência, um exemplo de destaque: quando solicitados para priorizar entre “ter tempo para estar com quem gosta” e “comprar presentes”, os entrevistados de todas as classes sociais mostram preferência bem maior pela primeira opção, a mais sustentável. “Possivelmente pela carência de acesso a bens e serviços básicos, as classes mais baixas mostram aspiração pelas soluções oferecidas pela sociedade de consumo em alguns tópicos, mas, ainda assim, as opções sustentáveis prevalecem em suas escolhas de longo prazo”, comenta Aron Belinky, coordenador técnico da pesquisa.




Saber que o potencial de adesão ao consumo consciente já se expressa nos desejos dos consumidores indica um descompasso entre o que a sociedade quer o que se oferece a ela. “Quanto tempo mais será necessário para que as empresas e o Poder Público reconheçam essa situação e busquem atender a essas demandas da sociedade, em vez de incentivar um modelo insustentável e esgotado do consumo pelo consumo em si e não como instrumento de bem-estar?”, questiona Mattar. A resposta a essa pergunta determinará o nosso futuro.



SOBRE A PESQUISA

Os dados sobre felicidade e desejos dos brasileiros são parte de uma pesquisa realizada periodicamente pelo Instituto Akatu sobre a percepção do brasileiro em relação ao seu consumo, à sustentabilidade e à responsabilidade social das empresas. O relatório completo da pesquisa será divulgado em maio.


por Equipe Akatu

13 mar 2013

terça-feira, 12 de março de 2013

Transferências e Vagas Remanescentes

Em breve publicaremos os editais de vagas remanescentes de alguns cursos e solicitamos aos interessados em transferência de período/unidade que se manifestem até sexta-feira próxima, dia 15/03, na secretaria da Sede.

Maiores informações entrar em contato com a Coordenação Pedagógica.

Att

segunda-feira, 11 de março de 2013

PRECISANDO DE EMPREGO???

GRUPO TSA / PARLA  -  URGENTE!!!

12/03/2013 - BLOCO I ETEC (AO LADO DA COPIADORA) MANHÃ, TARDE E NOITE

RECEBEREMOS REPRESENTANTES DO GRUPO TSA / PARLA PARA COLETAR CADASTROS DE CANDIDATOS PARA SEU BANCO DE DADOS.

A EMPRESA PRECISA PARA INÍCIO IMEDIATO.

OS INTERESSADOS DEVERÃO PROCURÁ-LAS NO LOCAL E DATA ACIMA INDICADOS.

MAIS INFORMAÇÕES NO SITE: WWW.TSA.COM.BR

ATT.
DIRETORIA DE SERVIÇOS / ETEC CARAPICUÍBA

sexta-feira, 8 de março de 2013

Oportunidade de Estágio - Administração

Ramo da Empresa
Curso de Línguas e Traduções

Cursos
Técnico em Administração

Requisitos
Cursar do1º ao 5º semestre

Benefícios
Bolsa Auxílio de R$600,00/mês;
Auxílio Transporte;
Refeitório no loca;
Seguro de Vida;
Recesso Remunerado;
Plano de Saúde após 3 meses;
Possibilidade de efetivação.

Horário e Local de estágio
De segunda a sexta das 9h às 16h com 1h de intervalo
Aclimação / SP

Interessados devem ligar para (11)3514-9300 e informar o código:40987 ou se cadastrar gratuitamente e consultar a vaga no site www.nube.com.br

Oportunidade de Trabalho



MUTIRÃO DO EMPREGO
ENTREVISTAS NO LOCAL
Av. Francisco Pignatari, 630 – FNC – FACULDADE NOSSA CIDADE - Ao lado da Fatec de Carapicuíba.
Data da pré-seleção: 11/03/13 às 13h.

PROMOTORA DE CARTÃO
DEMONSTRADORA
AUX. DE PRODUÇÃO
OP. DE TELEMARKETING
JOVEM APRENDIZ
OP. DE CAIXA
EMPACOTADOR
MANOBRISTA
REPOSITOR
ANALISTA DE RH
AUX. DE ESTOQUE
AUX. DE SERVIÇOS GERAIS/BABA
AUX. DE EXPEDIÇÃO
VENDEDORA/GERENTE DE LOJA
OFFICE BOY

POSSIBILIDADES DE OUTRAS VAGAS
Os interessados devem comparecer com documentos pessoais, currículos e caneta.
INFORMAÇÕES: 4183-3691 ou 4183-1675

terça-feira, 5 de março de 2013

Prestação de Contas - AAPM - 28/02/2013

Informamos a toda comunidade escolar que a Prestação de Contas do último trimestre de 2012 está diponível em nossos quadros de avisos na Sede e Ext. Oscar Graciano, para conhecimento de todos.

Lembrando também que todas as despesas foram expostas e esclarecidas na reunião da AAPM realizada no dia 28/02/2013, composta por 107 membros sendo: alunos, pais, mestres e funcionários.

Att.
Diretoria de Serviços

segunda-feira, 4 de março de 2013

Oportunidade de Estágio: Administração

Intituto Arte na Escola busca alunos comprometidos para estagiar em ambiente criativo:

Perfil
- boa escrita e oralidade;
- conhecimentos em Informática (Pacote Office);
- bom relacionamento social inclusive para orientações telefônicas;
- boa organização e postura;
- interesse em cultura e arte;
- facilidade em trabalhar em equipe;
- disponibilidade para trabalhar 6 horas por dia (2ª a 6ª);
- idade: igual ou acima de 18 anos

Remuneração
R$820,00

benefícios
- vale transporte
- vale alimentação

Caso interesse, por favor, entrar em contato com Roseli Alves, Coordenadora Geral do Instituto Arte na Escola, pelo telefone: (11) 3103-8090 ou e-mail para: roseli@artenaescola.org.br

www.artenaescola.org.br

Carteirinhas 1º 2013 - Fotos

Caros Alunos,

     A empresa Gcard, responsável pelas carteirinhas escolares 2013, estará na escola nos seguintes dias para tirar as fotos dos alunos que não foram fotografados no ato da matrícula. Aqueles que pediram 2ª via também precisarão ser fotografados.


Sede: 6/3/2013 - das 9h às 20h30 min.
Oscar: 11/3/2013 - das 19h as 21h30 min.

                                                                                                                               Secretaria Acadêmica.